Banco Central lançará agenda voltada para a sustentabilidade

banco central do brasil
(Foto: Divulgação)

O Banco Central (BC) lançará, na próxima terça (08), a Agenda BC, uma agenda estratégica de sustentabilidade e assinará um memorando de entendimento com a Climate Bonds Iniciative (CBI).

Segundo o presidente do BC, Roberto Campos Neto, a agenda de sustentabilidade terá iniciativas no âmbito do Sistema Financeiro Nacional (SFN) ligadas à responsabilidade socioambiental, aos riscos climáticos e à cultura de sustentabilidade.

A iniciativa do Banco Central surge em um momento em que o mundo está preocupado com o meio ambiente e as consequências da mudança climática, ao mesmo tempo em que o Brasil vem sendo alvo de fortes críticas internacionais.

Para Campos Neto, a retomada da economia em todo mundo no pós-pandemia terá duas características principais: inclusiva e mais sustentável.

No início de julho, um grupo de investidores internacionais se reuniu com o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, para cobrar ações mais efetivas do governo na área ambiental. Sob a liderança da Storebrand Asset Management, uma das maiores companhias da área de seguros da Noruega, o grupo completo reunia megainvestidores de dez países, com ativos na ordem US$ 4,6 trilhões.