BNDES abre financiamento para atividades agropecuárias sustentáveis

O BNDES vai financiar o programa para redução da emissão gases de efeito estufa na agricultura. A intenção é reduzir as emissões de gases de efeito estufa originárias das atividades agropecuárias, diminuição do desmatamento, incentivar a produção em bases sustentáveis, ampliação de áreas de florestas cultivadas, recuperação de regiões degradadas e adequar as propriedades rurais à legislação ambiental.

O Programa ABC (agricultura de baixo carbono) pode financiar:

  • Projetos destinados a recuperação de pastagens degradadas, implantação de sistema de produção orgânica, além do melhoramento de modos de plantio direto “na palha”. Também participam sistemas de integração: lavoura-pecuária, pecuária-floresta, ou lavoura-pecuária-floresta e sistemas agro florestais.
  • Para melhoria e manutenção do manejo de florestas comerciais, incluídas as destinadas ao uso industrial e produção de carvão vegetal.
  • Para regularizar propriedades rurais à legislação ambiental, incluindo as de recuperação de reserva legal, as de preservação permanente, as degradadas e implantação e melhoramento de manejo de floresta sustentável.
  • Para implantar, manter e melhorar os sistemas de tratamento de dejetos e resíduos que tem como origem a produção animal para geração de energia e compostagem.
  • Também se aplica as florestas de dendezeiro, em áreas produtivas e degradadas.

Podem participar as cooperativas e o produtor rural, pessoa física ou jurídica, para financiamento, inclusive, de projeto que estimula o uso de fixação biológica do nitrogênio.

A solicitação deve ser feita numa instituição financeira credenciada, que informará toda a documentação necessária, o enquadramento do crédito e negociará as garantias. Só depois a instituição encaminhará ao BNDES que fará a liberação dos recursos. O prazo de vigência é até 30.06.2016.

Fonte: BNDES