Brasil tem mais de 360 incubadoras para startups

pessoas fazendo negócio, resultado
(Foto: Pixabay)

O Mapeamento dos Mecanismos de Geração de Empreendimentos Inovadores constatou que, no Brasil, existem 363 incubadoras de negócios inovadores e 57 aceleradoras.

O levantamento foi feito em parceria entre a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) .

Os pesquisadores estimam que, em 2017, as 3.694 empresas incubadas no país geraram 14.457 postos de trabalho e faturaram conjuntamente R$551 milhões.

De acordo com o levantamento,  cerca de 61% das incubadoras são mantidas por universidades e tem foco nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), Agronegócio e Saúde/Ciências da Vida.

Sobre as aceleradoras, o Brasil tem 57 aceleradoras, sendo que 45 estão nas regiões Sul e Sudeste. A maior parte atua no setor de agronegócio, educação, eletroeletrônico, saúde e ciências da vida, financeiro e varejo. 

O estudo estima que um total de 2.028 startups foram aceleradas no país. Estima-se também que tenham sido gerados um total de 4.128 empregos diretos nas startups apoiadas. Em 2017, o faturamento de todas as startups aceleradas foi estimado em R$ 474 milhões.

O estudo foi feito entre setembro de 2018 e março deste ano.

** Com informações da Época Negócios