Empresa aérea árabe investe US$40 milhões em fazenda vertical

(Foto: Crop One Holdings/ Divulgação)

A Emirates Airlines construirá uma fazenda vertical de US$ 40 milhões próxima ao Aeroporto Internacional de Dubai para fornecer a seus passageiros saladas e verduras frescas sem agrotóxicos.

Atualmente, a empresa área prepara cerca de 200 mil refeições por dia e com a iniciativa pretende agilizar a entrega de alimentos em três vezes por dia.

Com o slogan “Melhor que orgânico”, a fazenda será construída e operada pela empresa americana Crop One Holdings, que produz e vende legumes e saladas com a marca própria Fresh Box Farms, com sede em Massachusetts (EUA).

Por não serem cultivados diretamente no solo, eles não podem ser rotulados como orgânicos de acordo com os regulamentos do USDA sobre agricultura orgânica. Mas são comercializados como não usando herbicidas ou pesticidas.

Segundo cientista-chefe e especialista em plantas da  Crop One, Dean Falcone, o maior benefício da agricultura vertical é a eficiência hídrica. Estima-se que a fazenda planejada em Dubai economizará 99% da água usada na agricultura baseada no solo para cultivar o mesmo volume de lavouras.

Outras duas vantagens são que as culturas podem ser cultivadas no prazo máximo de 30 dias e reduzirá dramaticamente o uso da terra, em comparação a agricultura convencional.

A fazenda vertical de Dubai cobrirá 130 mil pés quadrados e em plena produção, a instalação colherá diariamente três toneladas de folhas verdes, livres de herbicidas e pesticidas.

** Com informações do site Natural Products Global