Chanel emite títulos de investimento vinculados às mudanças climáticas

(Foto: Pixabay)

A grife francesa de luxo Chanel disponibilizou um título de 600 milhões de euros, com cláusulas vinculadas às suas metas ambientais. Esta é a primeira entrada da grife no mercado de títulos e negócios.

Com  duração de 05 a 10 anos, os títulos foram estruturados de forma a impor um prêmio na maturação caso a Chanel deixe de cumprir certos objetivos relacionados ao clima, como corte de emissões.

Os títulos estão vinculados a metas em nível de toda a empresa, ao contrário dos títulos verdes, que financiam projetos específicos. Alguns recursos podem ser usados ​​para investimentos, incluindo em startups que desenvolvem alternativas para plásticos ou couro.

A grife também terá que pagar um prêmio no vencimento dos títulos, caso não atenda a certas metas de corte de emissões dentro da empresa e de sua cadeia de suprimentos.

Em entrevista à Reuters, o CFO da Chanel, Philippe Blondiaux, afirmou que a iniciativa é um “passo lógico” na estratégia de financiamento a metas ambientais e em direção a um modelo mais sustentável.