Coca-Cola amplia em 50% a distribuição de versões menos doces

(Foto: Reprodução)

A busca por uma vida mais saudável, pressionada pelos consumidores, está fazendo com que muitas empresas repensem as suas estratégias e produtos.

Uma delas é a Coca-Cola. A empresa anunciou, para 2017, um aumento de 50% na distribuição das versões de seu principal refrigerante com teor reduzido de açúcar, para atrair os consumidores que procuram refrigerantes menos doces. Atualmente, 30% dos 141 produtos comercializados em território nacional tiveram alterações nas suas fórmulas para cortar os níveis de açúcar.

“A estratégia da marca única está focada em celebrar um compromisso com as versões reduzidas de açúcar. Fortalecer a marca Coca-Cola, transformando as submarcas em versões de uma marca única. Tratamos de acelerar tendências que existem em relação ao tema saúde, como a migração para versões com menos açúcar”, afirmou Marcos de Quinto, vice-presidente global de marketing da Cola-Cola Company, na entrevista para o jornal Valor Econômico.

Com a mudança no portfólio, a empresa passa a ter uma única identidade visual e dividida em três opções: Original (lata vermelha); Stévia, indicando a adição do adoçante natural e com 50% menos açúcar (lata verde); e a Zero Açúcar, que não contém açúcar e é adoçada com aspartame.