Empresa de laticínios orgânicos quer se tornar “positiva em carbono”

(Foto: Pixabay)

A Horizon Organic, maior empresa de laticínios orgânicos certificados do mundo e uma unidade da Danone, quer reduzir, capturar ou compensar mais emissões do que produz e se tornar “positiva em carbono” até 2025.

O plano da empresa pode aumentar a credibilidade do setor com o crescimento da demanda por leite vegetal, devido a preocupações com o meio ambiente, e a queda da busca por leite de vaca.

Os bovinos emitem gás metano, um dos principais gases de efeito estufa (GEE), que causa o aquecimento global. Para o diretor-presidente da Danone Noth America, Mariano Lozano, as vacas são parte da solução para ter uma empresa mais social e ambientalmente amigável, e não parte do problema. 

A estratégia da Horizon Organic também inclui o aumento de práticas de agricultura regenerativa com seus 600 parceiros, culturas de cobertura e lavoura reduzida.

Além de um fundo de US$ 15 milhões para financiar uma agricultura mais sustentável, potencialmente reduzindo o uso de insumos como fertilizantes.