Você sabe o que são as cleantechs?

(Foto: Pixabay)

No ecossistemas das startups, as cleantechs têm ganhado espaço por desenvolverem soluções, com o uso de tecnologia limpa e medidas de sustentabilidade, para aumentar a produtividade e a eficiência de processos com menos gasto e desperdício.

No Brasil, existem 136 empresas dentro desse segmento, segundo o Mapeamento do Ecossistema de Startups de Cleantech. Para ser considerada uma cleantech, é preciso cumprir três critérios: poluir menos, possuir modelo de negócio rentável, e fazer mais com menos.

Estas empresas podem ser divididas em oito categorias: energia limpa, armazenamento de energia, eficiência, transporte, ar e meio ambiente, indústria limpa, água e agricultura.

Com este mercado ainda se desenvolvendo no país, os empreendedores enfrentam vários desafios, como expandir o negócio, acessar os serviços financeiros, desenvolver o modelo de negócio, comunicar proposta de valor e a falta de regulamentação.