Começa a feira mundial do setor de orgânicos e Brasil se destaca com matéria prima e produtos de valor agregado

IMG-20170215-WA0017
(Foto: Ming Liu)

Começou hoje (15) em Nuremberg (Alemanha), a feira mundial do setor de orgânicos com 2.785 expositores de 88 países. O Projeto Organics Brasil participa pela 12ª vez da Biofach, a cada edição, os negócios se consolidam nos mercados tradicionais e ampliam o comércio em regiões promissoras, como: Oceania, Ásia, Escandinávia, Leste Europeu e Oriente Médio.

No estande do Organics Brasil estão nove empresas: Native (açúcar, café e linha matinal), Jalles Machado (açúcar), Triunfo do Brasil (erva mate), MN Própolis (mel e Própolis), Resibras (castanha de caju), IBD (certificadora), Ecosus (trading digital), Atlântica Foods (polpa de frutas) e Bela Iaçá (açaí e frutas exóticas). Essas empresas, juntas, oferecem mais de 200 produtos para exportação, abertos a toda demanda de artigos dos principais Biomas (Amazônia, Cerrado, Mata Atlântica, Caatinga, Pampa e Pantanal) e a solucionar qualquer demanda de produtos brasileiros.

“Apesar das exportações terem fechado pouco abaixo das estimativas, continuamos sendo o principal país fornecedor de açúcar, castanhas, frutas e seus derivados. Há muito espaço para crescer em exportação para a Europa, China, Oriente Médio e Ásia. A América do Norte continua sendo o mercado de maior potencial de exportação em 2017. As empresas brasileiras estão preparadas para atender todos os mercados”, explica Ming Liu, diretor do Organics Brasil e do ORGANIS, Conselho Nacional da Produção Orgânica e Sustentável.

IMG-20170215-WA0008 edit
(Foto: Ming Liu)