Conferência Ethos amplia diálogo sobre economia e desinformação

Imagem ilustrativa (Foto: Unsplash)

Nesta quinta-feira (9), acontece o segundo dia Conferência Ethos virtual, que seguirá dialogando sobre o atual cenário e análises sobre o que será o período pós-pandemia. As atividades, que acontecem através de lives, no canal do Ethos no YouTube, têm início às 15 horas.

A renda básica universal, o compromisso e o desafio das empresas com a economia e com a sociedade, os custos da desinformação, as desigualdades, os dilemas enfrentados pela população negra e a crise econômica são assuntos das atividades que estarão no ar.

Confira a programação:

15h – O avanço do debate sobre renda básica e a guinada do bem-estar

A ampliação do debate sobre a renda básica universal e os mecanismos para torná-la uma das respostas ao choque da pandemia é o assunto que será abordado no primeiro painel do dia.

De que forma implementar esse mecanismo de enfrentamento à pobreza? Será o mote para as análises de Elizaveta Foulksman, doutora em Desenvolvimento Internacional pela Universidade de Oxford e pesquisadora do St John’s College e Tereza Campello, economista e professora do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas em Saúde da Escola Fiocruz de Governo. A moderação estará a cargo da coordenadora de Projetos de Direitos Humanos do Instituto Ethos, Sheila de Carvalho.

16h20 – A pior crise da história, o que isso significa?

Precisamos entender como o Brasil, pelo viés da política econômica, busca a mitigação desse cenário de crise e quais são os alertas importantes para o setor privado e para a sociedade. Trata-se de uma atividade que aconteceu na primeira semana da Conferência Ethos que agora recebe novos olhares.

Paula Oda, coordenadora de Projetos de Integridade do Instituto Ethos irá moderar as falas e reflexões sobre o tema, que serão realizadas por Mário Theodoro, economista formado pela UnB, com mestrado em economia pela UFPE e doutorado em Ciências Econômicas pela Université Paris I (Sorbonne) e Ricardo Henriques, economista e superintendente executivo do Instituto Unibanco.

17h10 – Não demitir – um compromisso e um desafio

O debate sobre a necessidade da eficiência das redes de proteção social e de políticas de emprego estão ganhando cada vez mais projeção. Nesse painel, que já destacamos em matéria publicada a respeito do compromisso das empresas em não demitir, teremos o compartilhamento de experiências de Daniel Castanho, presidente do Conselho de Administração e um dos fundadores da Ânima Educação, que irá dialogar com Felipe Saboya, diretor-adjunto do Instituto Ethos a respeito do movimento Não Demita! e dos desafios em adotar essa política.

A análise é que no pós-pandemia o mundo será mais desigual e o setor privado poderá reafirmar a responsabilidade social e a garantia dos empregos.

18h20 – Desinformação – custos para as empresas e para a sociedade

Como funcionam as notícias falsas nas mídias sociais, os disparos em massa e o contexto e meios de suas confecções? Durante a pandemia, a Organização Mundial da Saúde (OMS) enfatizou que sofremos também de um outro tipo de surto, a infodemia. Além disso, no Brasil, a PL das Fake News aguarda votação na Câmara dos Deputados.

Alexis Wichowski, vice-diretora de Tecnologia para Inovação da Cidade de Nova York e professora na Columbia University’s School for International and Public Affairs; Bia Barbosa, jornalista, especialista em direitos humanos e mestre em Gestão e Políticas Públicas pela FGV-SP; e Cristina Tardáguila, fundadora e sócia da Agência Lupa vão tratar desse tema tão urgente para os dias atuais, com a moderação de Paula Oda, coordenadora de Projetos de Integridade do Instituto Ethos.

19h30 – Direitos Humanos e o legado dos movimentos negros

A criminalização, o desemprego, o encarceramento em massa e a morte de jovens negrxs atingem marcas assustadoras. Como envolver setores da sociedade para transformar essa trajetória na direção da equidade e da justiça social?

Essa é a pergunta que Scarlett Rodrigues, analista de Projetos do Instituto Ethos irá conduzir para a observação de Maria Sylvia Aparecida de Oliveira, advogada e presidenta do Geledés – Instituto da Mulher Negra e de Yvette Modestin, escritora, poeta, contadora de estórias e ativista Panamense.

A Conferência Ethos acontece todas as quintas-feiras, de julho a dezembro, no canal do Ethos no YouTube: https://bit.ly/2CENdjB

Serviço

O quê: Conferência Ethos Virtual 2020

Quando: de 02 de julho à 17 de dezembro de 2020, sempre às quintas-feiras

Onde: canal do Ethos no YouTube – https://bit.ly/2zWLIMx

Informações: www.conferenciaethos.org