Expo West 2020 é adiada por preocupação com o Coronavírus

(Foto: Reprodução Instagram Expo West)

A New Hope Network anunciou que a feira de produtos naturais Expo West, em Anaheim (EUA), foi adiada devido a situação internacional do Coronavírus e o crescente número de cancelamentos de expositores e do público. A nova data deve ser anunciada em meados de abril.

A organização afirmou que recebeu orientações dos governos locais e das autoridades de saúde para fazer a feira, mas que a situação dividiu a comunidade.

“Alguns de nossos parceiros defenderam fortemente a continuidade do programa conforme planejado. Alguns de nossos parceiros queriam o show, mas não agora, e outros queriam um cancelamento direto. Estamos sendo guiados por essa maioria no adiamento do programa. Trabalharemos em estreita colaboração com todos os nossos clientes e parceiros em todo o setor para identificar uma nova data para a feira no final do ano e fornecer o serviço e suporte para fornecer as conexões e a experiência que todos esperam da Expo West e da New Hope Network”, disse Fred Linder, presidente da New Hope, em nota.

A organização também afirmou que pretende disponibilizar US$5 milhões para ajudar expositores e participantes, principalmente de pequenas empresas, com apoio direcionado às suas necessidades.

Nos últimos dias, muitas empresas e marcas divulgaram que não iriam participar da Expo West por medo do Coronavírus, incluindo a Kimberton Whole Foods, Whole Foods Market, Cambridge Naturals, MOM’s Organic, Harris Teeter e National Co + op Grocers.

Os organizações estimam que haveria uma queda de 40 a 60% no número de participantes, em relação aos anos anteriores. Em 2019, a Expo West recebeu mais de 85 mil pessoas.

Coronavírus

Mais de 90 mil casos do novo Coronavírus foram confirmados no mundo, de acordo com o último balanço da Organização Mundial da Saúde (OMS): 80.302 casos confirmados e 2.946 mortes na China (incluindo 2 em Hong Kong e 1 em Taiwan) e mais de 10 mil casos confirmados em outros países. Nos Estados Unidos, a doença causou a morte de seis pessoas na área de Seattle, no estado de Washington, na costa oeste do país.