ONB fecha parceria com Dietnet na Naturaltech

A Dietnet estará presente na Naturaltech, em estande localizado na rua 1 B/I, com nutricionistas que farão gratuitamente exames de bioimpedância. Essa técnica determina a porcentagem de gordura, água e massa muscular do organismo.

Lara Calasse, diretora clínica  da Dietnet Nutrição, Saúde e Bem Estar, informa que fornecerá orientações nutricionais para os participantes da feira, através de réplicas de alimentos em resina e com lâminas de orientação. E vai sortear 20 exames de calorimetria indireta, para medir quantas calorias o corpo gasta em estado de repouso. Esses exames serão realizados posteriormente na sede da clínica, no Itaim Bibi.

Um pouco sobre os exames:

Bioimpedância

Um dos objetivos da avaliação da composição corporal é determinar a quantidade de massas magra e massa  no organismo. Segundo Lara, um indivíduo pode ser sedentário e apresentar uma elevada taxa de gordura corporal, enquanto que o outro pode ser ativo fisicamente e apresentar uma menor taxa de gordura e maior desenvolvimento muscular.

“Portanto, pode-se observar que o peso corporal não é o único indicativo do estado nutricional das pessoas, sendo importante basear-se em algum método mais preciso para determinar a composição corporal. E o excesso de gordura corporal está relacionado com um maior risco de desenvolvimento de doenças crônicas, com diabetes, hipertensão, doença cardiovascular, síndrome metabólica, síndrome de ovário policístico e até alguns cânceres”, explica.

O aparelho também  permite estimar  deficiência de líquidos no organismo (subhidratação ou desidratação) ou retenção hídrica.

Vantagens do exame de bioimpedância

  • avaliação completa,  resultados de bioresistência, gordura percentual, massa gorda, massa magra, água corporal e metabolismo basal, como também as recomendações ideais de gordura percentual, peso corporal, a perder ou a ganhar.
  • Rapidez: em menos de 5 minutos apresenta teste completo.
  • Indolor e mais preciso em comparação com a medição da espessura das dobras cutâneas, largamente utilizado.

Calorimetria Indireta

Um equipamento com sensor de fluxo de ar mede o volume de  expirado. Outro sensor, de oxigênio,  mede a concentração de gás. Uma vez que a umidade e a temperatura relativa do ar estejam em condições apropriadas, o equipamento fornece os mais precisos resultados disponíveis em um analisador metabólico compacto.

Aplicações práticas do exame:

  • Pessoas com excesso de peso acreditam que possuem um metabolismo lento mas, estatisticamente, muitos que apresentam sobrepeso tem metabolismo normal.  Medir de forma precisa esse valor tira essa dúvida é pode ser motivador.
  • O exame calcula um ideal calórico para perda de peso, que considera uma perda média de 0,5 a 1 kg por semana. Da mesma forma, o nutricionista pode usar o valor da taxa metabólica de repouso para determinar a meta de perda de peso.
  • Estabilizar a perda de peso. Independentemente do método usado para a perda de peso. Saber precisamente o número de calorias necessárias para a manutenção do peso, depois de emagrecer é crucial para o sucesso na fase de manutenção, que deve durar em torno de 6 meses.
  • Determinar a necessidade calórica para ganho de peso.  Medindo a taxa metabólica conseguimos saber quantas calorias adicionar à alimentação do paciente, seja em alimento ou em forma de suplemento, caso ele deseje ganhar peso.
  • Detecção de hipometabolismo. Nos casos em que o paciente apresenta clinicamente uma taxa metabólica baixa, pode ser necessária uma intervenção médica para que a perda de peso ocorra de forma adequada.
  • Acessar o efeito do tratamento de perda ou ganho de peso no metabolismo. Restrição calórica, medicamentos ou atividade física provocam uma reação no organismo. Isso acontece especialmente nos casos de intervenções significativas, como a cirurgia bariátrica. A estimativa calórica de um plano dietético raramente sustentará o paciente durante todo o processo de perda de peso. O resultado pode ser o famoso “efeito platô”, onde o indivíduo para de perder ou ganhar peso, mesmo continuando a dieta prescrita. A determinação periódica da TMR vai mostrar os efeitos dos tratamentos e permitir ajustes no valor calórico do plano alimentar.

A medida da taxa metabólica de repouso é um elemento importante na avaliação e acompanhamento nutricional, para contribuir com regulação, perda ou ganho de peso.

A diretora da DIETNET e blogueira do ONB diz ainda que  “com a obtenção dos valores de gordura e massa magra é possível monitorar um programa de exercícios associados a uma alimentação balanceada para que esses valores de gordura e massa magra estejam proporcionais e adequados ao paciente”.

Lara Natacci é doutoranda em educação e saúde, com foco em Comportamento Alimentar na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). É mestre em Ciências pela Faculdade de Medicina da USP, e Coach de Bem Estar pela American College of Sports and Medicine.

Fez especialização em Nutrição Clinica Funcional na UNIB, em Distúrbios do Comportamento Alimentar na Université de Paris 5 René Descartes – Paris, França e em Bases Fisiológicas da Nutrição no Esporte na Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP -São Paulo, Brasil. Membro da Câmara Técnica de Comunicação e Marketing do CRN 3 – Conselho Regional de Nutricionistas da Terceira Região, e coordenadora da Comissão de Comunicação da SBAN – Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição.

É ainda autora de diversos livros sobre alimentação e saúde, idealizadora e mantenedora do site http://www.dietnet.com.br, na internet desde 1997, responsável técnica e sócia diretora da empresa Dietnet Assessoria Nutricional, desde 2006. Lara participa como nutricionista convidada do Programa Bem Estar, TV Globo, desde 2012.