Governo lança programa de bioeconomia e sociobiodiversidade

(Foto: Sidney Souza/ Mapa)

O secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Ministério da Agricultura (Mapa), Fernando Schwanke, lançou o programa Brasil – Bioeconomia e Sociobiodiversidade, durante a abertura da 8ª Conferência Green Rio, que acontece até hoje (25) no Rio de Janeiro.

O novo programa ajudará pequenos produtores rurais, povos e comunidades tradicionais, poder público e o setor empresarial a estruturar sistemas produtivos baseados no uso sustentável dos recursos da sociobiodiversidade e do extrativismo e no uso de energia limpa.

A iniciativa é dividida em eixos temáticos de atuação que envolvem, desde a estruturação produtiva das cadeias do extrativismo em todos os biomas brasileiros, até a geração e o aproveitamento econômico e produtivo das fontes de energias renováveis. Também inclui ervas medicinais, aromáticas e condimentares, azeites e chás especiais do Brasil.

O programa será executado com apoio técnico ou financeiro de organismos internacionais, fundos e bancos de desenvolvimento, instituições de pesquisa, sociedade civil organizada e outros ministérios e entidades da federação, além do setor privado.

Atualmente, a agricultura familiar no Brasil responde por um faturamento anual superior a US$ 55 bilhões, segundo estimativa do governo.

** Com informações do MAPA