Guia da indústria de plástico e as ações sustentáveis

(Foto: Divulgação)

O setor de plástico  chega a desperdiçar R$ 5 bilhões por ano com destinação inadequada. Por isso, o Instituto Nacional do Plástico (INP) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) lançaram, dia 21 de outubro, o Guia de Sustentabilidade do Plástico, no âmbito do projeto Cadeia Produtiva da Indústria de Transformação Plástica, com o objetivo de compartilhar informações específicas e úteis para adequação das empresas brasileiras aos padrões internacionais de sustentabilidade.

O setor de transformação plástica no Brasil é composto por mais de 11.500 empresas de diferentes portes, fornecendo produtos que vão desde embalagens até peças de carros e aviões.

Gestores de transformadoras de plástico podem descobrir o nível de suas instituições e obter orientações para subir de estágio, respondendo a um questionário disponível em www.plasticosustentavel.com.br. O que é bem legal, é que o Guia de Sustentabilidade traz planos de ação para cada um dos níveis, de forma que as empresas possam atingir maior maturidade gradualmente.
Números da indústria do plástico*:
– 11.590 empresas no Brasil
– 352.249 empregados (atualmente, o plástico é o quarto maior empregador da indústria de transformação brasileira, ficando atrás dos setores de confecção de vestuário e acessórios, abate e fabricação de carnes e fabricação de outros produtos alimentícios)
– Em 2014, a produção brasileira de transformados plásticos movimentou R$ 59,9 bilhões. Nesse mesmo ano foram consumidas 7,24 bilhões de toneladas do produto.
– A construção civil, os alimentos e bebidas e os automóveis e peças são os principais setores que dependem dos transformados de plástico: juntos, somam 47% do consumo.
– O potencial ambiental e econômico desperdiçado com a destinação inadequada de plástico é em média de R$ 5,08 bilhões por ano, segundo os últimos dados do IPEA/2012 (Instituto de Pesquisa Aplicada).
*Informações do INP

 ** Com informações da assessoria de imprensa