Empresa brasileira produz primeiro saco para lixo à base de plantas do país

(Foto: Divulgação)

A Embalixo líder nacional na categoria de sacos para lixo, lançou Embalixo Carbono Zero, o primeiro saco produzido com zero emissão de dióxido de carbono (CO2) e à base de plantas do Brasil.

Ao contrário dos sacos de lixo convencionais feitos com petróleo, os sacos da empresa são feitos a partir da mistura de cana de açúcar e plástico reciclado. A matéria-prima é produzida pela Braskem.

A combinação funciona como uma balança ecológica, que neutraliza as emissões na produção da cana, que captura o carbono, e o plástico, que apoia a economia circular. O plástico que seria descartado e iria para o meio ambiente volta para a indústria para ser reciclado e reutilizado.

Atualmente, o plástico é um dos principais desafios ambientais por ser um grande emissor de gás carbônico.

Até dezembro de 2020, a Embalixo pretende vender são 3 milhões de sacos, cerca de 45 mil quilos (kg). Para cada quilo produzido de material de origem fóssil, 2,5 kg de CO2 são emitidos. Isso significa que 112.500 kg de CO2 deixaram de ser emitidos.

O desenvolvimento do produto faz parte do plano estratégico de sustentabilidade da empresa, que temo objetivo de criar embalagens sustentáveis. Desde 2017, todos os novos produtos da empresa são produzidos a partir de fontes renováveis ou material reciclável.