Mercado global de carne vegetal deve chegar a US$ 35 bi até 2027

carne plant-based, carne vegetal
(Foto: Beyond Meat)

A indústria global de carne vegetal registrará uma taxa de crescimento anual de 15,8% e alcançará US$ 35,8 bilhões em 2027, em comparação ao mercado dos Estados Unidos que registraram US$11,1 bilhões em 2019. O resultado é um estudo conduzido pela Polaris Market Research, empresa de consultoria e inteligência de mercado de Nova York.

A preocupação com a saúde devido o aumento das doenças de origem alimentar na carne animal e a conscientização sobre a segurança alimentar e a nutrição são os principais fatores que impulsionará a tendência. Além do crescimento da consciência sobre as questões ambientais associadas à pecuária.

“Os consumidores em todo o mundo estão reduzindo a carne animal, devido à crescente consciência da ligação entre o alto consumo de carne e a propagação de doenças não transmissíveis, conforme comprovado por evidências científicas contínuas ao longo dos anos”, disse o relatório.

A mudança de hábito está relacionada a redução do consumo de carne animal ou flexitaristas e o aumento significativo de pessoas escolhendo o vegetarianismo ou veganismo.

Os produtos análogos de hambúrguer continuam a ser o segmento de crescimento mais rápido devido à “base de consumidores bem estabelecida” que esse formato já possui em todo o mundo.

Em relação ao ingrediente primário da proteína vegetal, a soja dominará o mercado pela sua versatilidade na preparação de diferentes substitutos, como almôndegas e hambúrgueres.

A pesquisa também aponta que o mercado se tornará altamente competitivo rapidamente, com o surgimento de novas empresas e a adaptação de grandes empresas, como a Nestlé.