MS aprova programa de pecuária sustentável no Pantanal

(Foto: Pixabay)

O governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, sancionou o decreto do Programa de Avanços na Pecuária (PROAPE), que institui o subprograma “Carne Sustentável e Orgânica do Pantanal”.

“É uma iniciativa para darmos mais competitividade ao produtor do Pantanal e incentivarmos a pecuária bovina de baixo impacto ambiental. É, ainda, uma ferramenta fundamental para mantermos o alto nível de preservação do nosso bioma e estimularmos a atividade econômica focando na rentabilidade do homem pantaneiro”, comenta o secretário Jaime Verruck, da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

Os produtores que aderirem ao subprograma terão redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS), que pode chegar a 50% na produção de carne sustentável e de 67% na produção orgânica.

Atualmente, 22 produtores rurais do Pantanal produzem carne orgânica, segundo a Associação Brasileira de Produtores Orgânicos (ABPO).

** Com informações do jornal A Crítica