Pecuaristas criam associação ligada à sustentabilidade

(Foto: Pixabay)

Um grupo de pecuaristas da região do Araguaia, em Mato Grosso, criou uma entidade nacional para provar que é possível a pecuária ser integrada à lavoura e à floresta, além de valorizar a cadeia da carne.

A empresária Vivien Suruagy, à frente da associação, explica que o grupo pretende combater o preconceito ao produtor brasileiro, já que há um forte temor de sofrer boicote de países importadores com as polêmicas ambientais.

Vivien reconhece que há práticas ilegais no setor e ressaltou que os pecuaristas que adotam práticas sustentáveis não podem ser penalizados por isso. 

Neste momento, o grupo prepara seu plano estratégico de atuação, e deve começar a arregimentar pecuaristas que se identificam com as práticas sustentáveis em breve.

** Com informações do Estadão