Citroën anuncia microcarro elétrico

foto- Divulgação Citroen
(Foto: Divulgação Citroen)

A Citroën apresentou o novo Ami, um quadriciclo elétrico urbano de 2,41 metros de comprimento, que chega a 45 km/m. O automóvel seria apresentado oficialmente no Salão de Genebra, mas o evento foi cancelado por causa do surto de coronavírus.

Fabricado no Marrocos, o microcarro pesa 485 quilos, não tem ABS, airbags e ar-condicionado. Ao contrário de um veículo convencional, o usuário não precisa de uma carteira de motorista para conduzi-lo.

O carro tem uma bateria de 5,5 kWh, que garante 70 km de autonomia e pode ser completamente recarregada em 3 horas, numa tomada comum de 220V.

A Citroën oferecerá vários planos para os consumidores, como o aluguel de longo prazo, em que o usuário paga € 2.644 iniciais (cerca de R$ 13.100), e mensalidades de € 20 (R$ 100) ao longo de quatro anos.

Há também a opção de uso compartilhado por meio da operadora Free2Move. Quem quiser comprar, o microcarro custará € 6 mil na França (R$ 29.800). A pré-venda começará em 30 de março.

Com o lançamento, a empresa pretende revolucionar a sua identidade, voltar para a vanguarda da indústria automobilística e garantir a mobilidade individual para todos.