São José dos Campos apresenta projeto de primeiro ônibus elétrico articulado

ônibus elétrico
(Foto: Divulgação)

A Prefeitura de São José dos Campos (SP) e as empresas BYD e Marcopolo apresentaram o seu projeto de ônibus elétrico articulado, o primeiro veículo leve sobre pneus (VLP) totalmente elétrico do Brasil.

O ônibus possui 22 metros de comprimento, baterias de fosfato de ferro, com autonomia de até 250 quilômetros, com tempo de recarga média de três horas, capacidade de 168 passageiros e espaço para cadeirantes.

Os veículos circularão na Linha Verde, um tipo de corredor sustentável que vai interligar as regiões sul e leste a região central. Com o projeto, São José dos Campos se torna o primeiro município brasileiro a criar um sistema viário não poluente ao substituir os ônibus a diesel em circulação por elétricos, aliados no combate às emissões de gases poluentes.

Em dezembro do ano passado, São José dos Campos também se tornou o primeiro município brasileiro a disponibilizar carros elétricos compartilhados em vias públicas e reservar vagas exclusivas para estes veículos. E a primeira a usar o sistema dockless, ou seja, que não utiliza estações de travamento.

“As cidades precisarão reorganizar os seus sistemas, desde o modelo tarifário de custeio até questões de qualidade como velocidade, pontualidade e a confiança dos usuários. Neste contexto, a mobilidade elétrica é uma alternativa pois, como sabemos, tem custo operacional inferior se comparado ao diesel. Trata-se de uma tendência mundial”, aponta Rodrigo Pikussa, diretor do Negócio Ônibus da Marcopolo.

A parceria da Marcopolo com a BYD já entregou modelos elétricos para diversas cidades, como Bauru (SP), Campinas (SP), São Paulo (SP), Belém (PA), Brasília (DF), Vitória (ES), Fortaleza (CE), Maringá (PR) e Volta Redonda (RJ).

Para o projeto do município paulista, os veículos começarão a ser produzidos em março e serão entregues até outubro de 2021.