Acordo Chile-Brasil para agricultura orgânica entra em vigor

(Foto: Pixabay)

O Memorando de Entendimento para Produtos Orgânicos entre o Chile e o Brasil é inédito na América do Sul e pretende facilitar as exportações.

Assinado em setembro do ano passado, o acordo estabelece que o Chile reconhece a certificação feita pelo Brasil e o Brasil aceitará reciprocidade.

Segundo a coordenadora de Produção Orgânica da Secretaria de Defesa Agropecuária, Virgínia Lira, as exportações brasileiras de orgânicos deverão aumentar, assim como o valor agregado à produção agropecuária.

O mercado brasileiro de orgânicos faturou no ano passado R$ 4 bilhões, um aumento de 20% em relação ao registrado em 2017, projeta o Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável (Organis), que reúne cerca de 60 empresas do setor.