Área de orgânicos cultivada cresce 34% na União Europeia

mudas de plantas
(Foto: Unsplash)

A área total de produção orgânica na União Europeia alcançou 13,4 milhões de hectares em 2018, o equivalente a 7,5% da área agrícola utilizada pelo bloco. O valor representa um aumento de 34% desde 2012.

A área orgânica total é a soma da “área em conversão” e da “área certificada”.

Os dados divulgados pela Eurostat mostram que a Áustria foi o país com maior parcela de área orgânica em 2018, com 24,1% da área agrícola utilizada total. Seguida pela Estônia (20,6%), Suécia (20,3 %), Itália (15,2%), República Tcheca (14,8%), Letônia (14,5%), Finlândia (13,1%) e Eslovênia (10,0%).

Nos outros países da União Europeia, a área orgânica ficou abaixo de 10%, com as proporções mais baixas observadas em Malta (0,4%), Roménia (2,4%), Bulgária, Irlanda e Reino Unido (cada um com 2,6%).

A área de produção é dividida em três tipos principais: culturas arvenses (cereais, raízes, legumes e culturas industriais), pastagens permanentes (pastagens e prados) e culturas permanentes (árvores de fruto e bagas, oliveiras, bosques e vinhedos).