Epagri lança sistema orgânico de produção de tomate em Santa Catarina

(Foto: Pixabay)

A Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) lança o Tomatorg, sistema orgânico de produção de tomate. A expectativa é aumentar em quase três vezes o lucro do produtor orgânico em relação ao cultivo convencional.

Desenvolvido pela Estação Experimental da Epagri em Itajaí (EEI), o sistema discrimina todas as práticas culturais necessárias para produção correta de tomates orgânicos no litoral Norte Catarinense. 

Entre elas estão: produção em abrigos, adubação com base em composto orgânico, enxertia, uso de biofertilizantes e de agentes de controle biológico.

Um estudo elaborado pela Epagri comprovou que, na comparação com o sistema convencional, a adoção do Tomatorg reduz custos e aumenta o lucro líquido do produtor. 

De acordo com o experimento, o custo de produção por planta pode cair de R$ 4,58 no sistema convencional para R$ 3,38 no orgânico. Com a redução, o lucro líquido do produtor que aderir ao sistema orgânico aumenta em 2,7 vezes.

Também será lançado o biofertilizante aeróbico. Formulado com farinha de peixe ou cascas de camarão, ele contém comunidades microbianas, metabólitos, macro e micronutrientes que atuam na promoção do crescimento e na saúde das plantas. As principais vantagens desta técnica são o baixo custo para sua produção, o rápido tempo de fermentação e a facilidade de aplicação.

** Com informações da Epagri