Centro Global de Gastronomia e Biodiversidade na Amazônia

(Foto: Reprodução/ Internet)

O Pará se prepara para se tornar um Centro Global de Gastronomia e Biodiversidade na Amazônia. A exposição “O Feliz Lusitânia cresce: o encontro entre a memória, a gastronomia e a biodiversidade” poderá ser visitada até 15 de janeiro de 2016 e integra as ações em torno do aniversário dos 400 anos de Belém.

A ideia é tornar a cidade capaz de oferecer ao Brasil e ao mundo um ambiente onde estudantes, pesquisadores, profissionais e turistas possam realizar trabalhos sobre gastronomia e biodiversidade. O projeto vai contemplar cinco unidades para divulgação, pesquisa e construção do saber gastronômico, com escola de gastronomia, laboratório de alimentos, barco-cozinha, museu e restaurante.

Saiba mais no Portal Amazônia.