Organis mostra biodiversidade brasileira em Genebra

(Foto: Organis)

A convite do Consulado-Geral do Brasil em Genebra, o Organis – Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável – participa da exposição Brazilian Biomes, em Genebra, junto à eventos conduzidos pela ONU e seus organismos.

Para a Exposição Brazilian Biomes, dentro do tema Florestas, 26 painéis são assinados pelo Organis e pelo projeto Organics Brasil, com imagens marcantes que simbolizam a exuberância da natureza em diferentes regiões do Brasil. As fotos foram cedidas por Zig Koch, renomado fotógrafo engajado na defesa do meio ambiente, e fazem parte do seu acervo pessoal que conta com mais de 180 mil imagens sobre a fauna e a flora brasileiras.

“A Exposição Brazilian Biomes representa uma importante ação para divulgar a imagem do Brasil como fornecedor de produtos orgânicos, capazes de atender os mercados mais exigentes. Já usamos, em toda comunicaçã,o a estratégia de apresentar a diversidade encontrada nos seis biomas brasileiros: Amazônia, Cerrado, Mata Atlântica, Caatinga, Pantanal e Pampa”, explica Cobi Cruz, diretor do Organis.

Por iniciativa da Cônsul-geral do Brasil em Genebra, Susan Kleebank, a Exposição Brazilian Biomes cumprirá uma extensa agenda até 2020, mostrando um Brasil orgânico por natureza: até 2 de setembro, a Mostra está no Conservatório do Jardim Botânico de Genebra; depois segue para o hall principal, da Assembleia Geral da Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI); em outubro na Organização Mundial do Comércio – OMC, além de vernissage durante o Public Forum (De 2 a 4/10); de 12 a 15/11/2018 – na OMPI, durante a Sessão do Comitê Permanente de Comércio; de dezembro/2018 a março/2019 – Mostra ficará no Consulado-geral do Brasil em Genebra; seguindo para Feira do Livro de Genebra (abril); Quai Wilson, maio a julho em Genebra; e a partir de agosto/2019 ficará por um ano no Papillorama, cantão de Friburgo.