Peru quer ser principal exportador de bananas orgânicas até 2023

(Foto: Pixabay)

O Ministério da Agricultura e Irrigação (Minagri) anunciou que o Peru planeja continuar como líder mundial de bananas orgânicas até 2023, após dados de 2018 mostrarem a posição do país na exportação da fruta.

Atualmente, existem cerca de 10.500 hectares de bananas orgânicas no país e as regiões de Piura, Lambayeque (Olmos), La Libertad (Chepen) e Tumbes são as principais produtoras.

Segundo o gerente geral da Associação de Produtores Orgânicos de Querecotillo (APOQ), Oscar Raymundo, cada hectare de banana orgânica produz cerca de 32.550 kg da fruta para exportação, o que equivale a 1.750 caixas de 18,6 kg cada.

Pequenos produtores produzem apenas entre 1.000 e 1.200 kg, enquanto grandes fazendeiros podem produzir até 2.500 kg.

Raymundo aponta que o custo da produção e das certificações é um desafio para os pequenos produtores. Atualmente, a manutenção de um hectare custa em torno de 16 mil soles por ano, cerca de R$ 23.975,00. O valor inclui o pagamento de salários, os custos de irrigação e os insumos.