Produtores orgânicos triplicaram nos últimos sete anos

(Foto: Freepik)

O número de produtores orgânicos registrados no Ministério da Agricultura (MAPA) passou de 5,9 mil, em 2012, para 17,7 mil em março de 2019, um crescimento de 200%.

As unidades de produção registradas também aumentaram de 5,4 mil, em 2010, para mais de 22 mil no ano passado.

O MAPA acredita que a quantidade de produtores é maior. Antes do decreto que regulamenta o setor entrar em vigor, em 2007, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) identificou 90 mil produtores que se autodeclararam como orgânicos.

“Existe um potencial de alcance. A ideia de estarmos desenvolvendo políticas de fomento para o desenvolvimento da agricultura orgânica, é justamente para trazer o produto orgânico para mais perto do consumidor, para que o produto seja o mais socializado possível e não alcance só um nicho de mercado”, comenta Virgínia Mendes Lira, que coordena a Divisão de Produção Orgânica

Na pesquisa do Data Popular os consumidores também destacaram que querem mais informações sobre a procedência dos produtos e garantias de que sejam realmente orgânicos. E defendem que deveria ter mais ações de promoção aos orgânicos.

Atualmente, o Brasil tem 36 organismos de avaliação credenciados, sendo 25 Sistemas Participativos de Garantia da Qualidade Orgânica (SPG) e 11 certificadoras por auditoria. A relação está disponível no site do Mapa.