Rio Negro se consolida como maior produtor de orgânicos da Argentina

(Foto: Pixabay)

São 240 estabelecimentos dedicados à produção de produtos biológicos. Juntos representam 20% da produção orgânica total do país, com destaque para peras e maçãs, produtos destinados à exportação, principalmente para os Estados Unidos e a União Europeia.

Segundo um relatório oficial, em 2017, a região exportou 24.247.534 quilos de peras e 19.450.626 quilos de maçãs. Cerca de 98% dos produtores orgânicos são dedicados à produção de frutas, mas também há produtores que cultivam nozes, oliveiras e uvas.

No ano passado, 28 novos estabelecimentos foram certificados como orgânicos, um aumento anual de 13%, em relação a 2016.

“A agricultura orgânica cresceu muito nestes últimos dois anos em nossa Província. O cumprimento da certificação dá aos produtores a possibilidade de ter um produto diferenciado, obter novos mercados, ter segurança de vendas e obter um maior valor, há uma alta demanda por esse tipo de produto que não utiliza agroquímicos em sua produção”, avalia o subsecretário de Produção de Frutas, Pablo De Azevedo.

** Com informações do Fresh Plaza