Suíça recupera título de “campeã mundial” dos orgânicos

(Foto: NeONBRAND/ Unsplash)

Três quartos das vendas de alimentos orgânicos, que somaram 2,7 bilhões de francos em 2017, foram feitas nos grandes supermercados suíços Coop e Migros. Com isso, a Suíça mantém o posto de líder mundial de compra de orgânicos, segundo a certificadora Bio  Suisse.

Os produtos orgânicos representaram 9% das vendas de mercado, sendo metade em produtos frescos. No ranking geral dos alimentos, ovos, legumes e pão fresco são os mais vendidos e representam 20% da fatia do mercado.

O levantamento mostrou que metade dos suíços compra orgânicos diariamente ou várias vezes por semana. Entretanto, o preço alto é um obstáculo para aumentar o consumo desses produtos.

Para o vigilante dos preços da Suíça, Stefan Meierhans, um dos fatores que influenciam o preço dos produtos é a certificação. “Tudo era orgânico décadas atrás. Agora é uma etiqueta especial e você tem que pagar muito, e às vezes eu acho que é caro demais. Mas enquanto houver demanda suficiente, essas são as regras do mercado”, disse para swissinfo.

No ano passado, 279 novos produtores receberam o selo de certificação orgânica, subindo o número de fazendas na Suíça e em Liechtenstein para 6.906.

** Com informações da Swissinfo