Tereza Cristina culpa idioma por declaração sobre orgânicos

(Foto: Vinicius Loures/ Câmara dos Deputados)

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou que as suas declarações sobre a produção de orgânicos no Brasil à Emirates News Agency (WAM) foram mal interpretadas, “talvez pela língua”.

“O que eu falei foi (dada) uma interpretação errada. Eu disse que os orgânicos estão crescendo, e muito, no Brasil. Que um país tropical como o nosso não pode produzir orgânicos na mesma quantidade que a gente produz a agricultura comercial”, explicou.

“Disse também que no Brasil (a agricultura orgânica) vem crescendo muito e é uma tendência mundial e nós acompanhamos (o setor). Houve um mal entendido, talvez pela língua”.

Segundo a WAM, Tereza Cristina afirmou que o clima brasileiro é desfavorável para a produção de orgânicos. Por isso, o preço desses produtos é “entre 15% e 20% mais caro” do que os convencionais, sendo consumidos “apenas pelas classes mais altas”.

** Com informações do Portal Terra