Artigo: “Quem mexeu no meu carro?”

(Foto: Pixabay)

No jornal Valor Econômico do dia 1º de agosto, o engenheiro, doutor em sustentabilidade energética e analista de conservação do WWF-Brasil, Ricardo Fujii, publicou o artigo “Quem mexeu no meu carro?”.

Na publicação, o analista apresenta um panorama do cenário atual da mobilidade urbana e o impacto dos veículos elétricos no meio ambiente.

“Silenciosos, pouco poluidores e com baixíssima emissão de gases causadores do efeito estufa, os veículos elétricos têm a grande vantagem de serem muito mais econômicos que os modelos convencionais – e a diferença é gritante”, afirma Fujii.

Para o analista, o Brasil tem dois desafios para implementar os veículos elétricos: “alto custo de aquisição (essencialmente pela ausência de produção local e elevado IPI) e a falta de infraestrutura para reabastecimento, cuja implementação é cara e precisa de apoio”.

O artigo “Quem mexeu no meu carro?” está disponível na íntegra em: http://www.valor.com.br