América Latina e Caribe se comprometem a impulsionar economia verde

(Foto: Rawpixel/ Freepik)

Países da América Latina e do Caribe aprovaram um compromisso para impulsionar o desenvolvimento sustentável no continente a partir da articulação entre governo, sociedade civil e empresas.

O documento foi criado durante a 1ª Conferência Ministerial Regional das Américas sobre Economia Verde, que aconteceu em Fortaleza. O texto final será publicado na próxima semana.

O acordo aborda a criação de políticas de transição e de ambiente legislativo para um modelo de economia verde, a promoção do uso e aumento de escala de tecnologias inovadoras, o aumento do papel do financiamento verde para assegurar recursos suficientes para o desenvolvimento sustentável e a capacitação da sociedade para ações de desenvolvimento em nível nacional.

Entre as ações sugeridas, estão o uso dos indicadores da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), a atualização do sistema de impostos para facilitar o acesso a tecnologias e a inclusão de parâmetros sociais na análise de custo-benefício dos projetos.

Para o presidente do Instituto Brasil África, João Bosco Monte, “o Brasil não pode abdicar de uma agenda construída ao longo do tempo. Aprendemos aqui que países que mantêm a disposição de continuar no diálogo estão no avanço. A sustentabilidade, o meio ambiente, a diversidade estão na agenda de forma inexorável”.

** Com informações da Época Negócios