Bloco de carnaval une festa, sustentabilidade e atividade física

(Foto: Divulgação)

Pelo segundo ano consecutivo, o Bloco do Pedal convida o público a se engajar com a sustentabilidade e praticar exercício durante o carnaval.

Para conscientizar sobre a importância da sustentabilidade, os foliões devem subir em uma plataforma móvel composta por oito bicicletas para pedalar e gerar energia para as caixas acústicas e o sistema de luz. Para atingir todas as idades e ser acessível a todos, a iniciativa terá bicicletas especiais para crianças e cadeirantes, que poderão acionar o equipamento pelas mãos.

“É um sistema de energia limpa que evita a acumulação de resíduos poluentes, como pilhas e baterias”, explica o engenheiro Armelin. O repertório será eclético, incluindo desde as tradicionais marchinhas dos salões até os mais recentes hits carnavalescos.

Organizado por Filó Silva e José Carlos Armelin, o Bloco do Pedal é a primeira iniciativa carnavalesca a transformar a energia gerada pelas pedaladas na energia elétrica necessária para que as marchinhas de carnaval toquem nas ruas, sendo que a energia não é cumulativa.

O Bloco do Pedal se apresenta no próximo sábado, 18 de fevereiro, das 16h às 19h30, em São Paulo. A concentração acontecerá na Rua Vergueiro, na altura da Praça Professor Noé de Azevedo, ao lado da estação Vila Mariana (Linha 1 – Azul) do Metrô.