Consumo de sacolas plásticas caiu 39% no Rio de Janeiro

(Foto: Pixabay)

O consumo de sacolas plásticas em supermercados diminuiu 39% menos de um mês após a lei, que restringe a distribuição, entrou em vigor.

O índice quase atinge a meta determinada pela lei primeiro ano no varejo. No segundo ano, a redução deve ser de 20% e no ano seguinte, mais 10%.

De acordo com o levantamento da Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (Asserj), 80% dos associados da entidade doam as duas primeiras sacolas ao consumidor e cobram a partir da terceira unidade.

Os supermercados também registraram aumento na venda de sacolas retornáveis de ráfia, que é mais resistente e pode ser usada, em média, de dois a cinco anos.

A superintendente da Asserj, Keila Prates, estima que 100 milhões de sacolas não foram descartadas no meio ambiente em todo o estado.

** Com informações da Época Negócios