Estados Unidos vão derrubar metas de consumo de combustível

(Foto: Pixabay)

O Diretor da Agência de Proteção Ambiental (EPA, sigla em inglês) dos Estados Unidos, Scott Pruitt, anunciou que o governo americano irá derrubar a meta de eficiência energética dos carros criada no mandato do ex-presidente Barack Obama.

A lei determinava que, até 2025, a frota de veículos do país deveria rodar cerca de 21,2 km com 1 litro de combustível. No ano passado, a média foi de 13,1 km.

A EPA começou a revisar a meta, após as principais montadoras do país se reunirem com o presidente Donald Trump, que já havia prometido rever as medidas que limitavam as emissões de gases poluentes para estimular o crescimento da indústria.

Em nota, Pruitt afirmou que a gestão Obama errou ao estabelecer metas “que não condizem com a realidade” e elevar demais os padrões.

Os novos limites serão determinados pela EPA e o departamento de transportes (NHTSA, sigla em inglês) para que montadoras façam carros que as pessoas possam comprar. A medida também deve expandir os benefícios para segurança e meio ambiente.

O estado da Califórnia descreveu o fim da meta como uma atitude política para enfraquecer os padrões de veículos “limpos”, sem qualquer documentação ou amparo legal.

O governo californiano deverá travar uma batalha com o governo federal para manter o direito de estabelecer seus próprios níveis de emissão. Atualmente, 12 estados usam as métricas adotadas pela Califórnia.

** Com informações do Auto Esporte