Finlândia é o país mais feliz do mundo

(Foto: Pixabay)

É o que diz a nova edição do Relatório Mundial da Felicidade, elaborada pelas Nações Unidas (ONU).

A Noruega, que esteve na primeira posição em 2017, ficou em segundo lugar no ranking. Seguida pela Dinamarca, Islândia, Suíça, Holanda, Canadá, Nova Zelândia, Suécia e Austrália.

O Brasil aparece em 28ª, com 6.419 pontos, sete posições abaixo do ranking do ano passado. Apesar da queda, o Brasil é um dos destinos mais desejados pelos emigrantes potenciais do continente, que se encontram, principalmente, em Honduras (47%), El Salvador (42%) e Peru (33%).

“Na América Latina, as pessoas que têm a intenção de migrar (…) estão relativamente insatisfeitas com as suas vidas. 25% das pessoas indagadas informaram que, dada a oportunidade migrariam a outro país”, afirma o documento.

Em contrapartida, a Venezuela é considerado o pior país da América Latina e está em queda no ranking desde 2008, pela situação política, social e econômica.

Em último lugar está o Burundi, com 2.905 pontos. No ranking, antecedem o país africano: a República Centro-Africana, o Sudão do Sul, a Tanzânia, o Iêmen, Ruanda e a Síria, que está na 150ª posição.

** Com informações do G1

COMPARTILHAR
Organics News Brasil / Estilo de viver sustentável.