Mais da metade dos americanos teve uma “revelação” ambiental com a pandemia

(Foto: Pixabay)

A pandemia do Covid-19 fez 64% dos americanos receber um “alerta ecológico” e perceber que precisam ser mais ecologicamente corretos, revelou uma pesquisa encomendada pela Avocado Green Mattress e conduzida pela OnePoll.

Dos 2 mil entrevistados, 70% afirmaram que ficar isolado em casa os tornou mais conscientes de seus comportamentos não amigáveis. Dos que receberam o “alerta ecológico”, 44% se tornaram mais conscientes do desperdício de alimentos, 43% de usar produtos de papel com moderação e 38% ter mais cuidado com o local onde compram carne.  Outros 19% começaram a usar uma horta comunitária ou a própria horta e 36% comprou mais sustentavelmente.

Apesar da influência da pandemia, os novos hábitos ecológicos serão mantidos no pós-crise para 81% dos entrevistados.

Para manter os hábitos, os americanos pretendem reciclar com mais frequência (55%), reduzir a quantidade de produtos de papel que usam (44%), trabalhar em casa, pelo menos, um dia por semana, para reduzir sua pegada de carbono (42%), compostar com mais frequência (37%) e usar mais o transporte público (35%).

“Com essa crise, tornou-se inegavelmente evidente o quanto nossa saúde está conectada à saúde do planeta. Nós realmente estamos nisso juntos, em uma escala global, e até as menores ações se somam para criar mudanças significativas”, disse Mark Abrials, co-fundador e diretor de marketing da Avocado Green Mattress.

Um terço (32%) ainda planeja continuar usando uma máscara facial mesmo depois do departamento de saúde autorizar o fim da quarentena.