Organizações civis lançam agenda de propostas para mobilidade em São Paulo

(Foto: Pixabay)

As organizações civis Ciclocidade, Cidadeapé, Greenpeace, Idec, Instituto Saúde e Sustentabilidade, Rede Nossa São Paulo e SampaPé! lançaram a “Agenda Propositiva para a Cidade de São Paulo: mobilidade e clima”, para ajudar os candidatos à prefeitura e ao Legislativo de São Paulo a pautarem suas propostas.

A agenda agrega questões de política urbana e ambiental da cidade, participação social, saúde, segurança no trânsito, mobilidade a pé, por bicicleta e do transporte coletivo. 

O documento também reúne todos os planos e projetos já existentes para evitar a lógica de que o planejamento da cidade precisa começar do zero a cada quatro anos.  

As principais propostas apresentadas são: regionalizar o investimento em mobilidade na cidade; a necessidade de um fundo de transportes; criar um setor dedicado a cuidar de toda a mobilidade a pé na cidade; avançar em políticas de estímulo à mobilidade por bicicleta; avançar em políticas de segurança no trânsito; e melhorar o monitoramento e fiscalização da emissão de poluentes.

“A ideia central é mostrar que o debate precisa ter qualidade; basear-se em dados e planos existentes, como o Plano Diretor e o Plano de Mobilidade; em estudos técnicos; além de considerar os desafios reais enfrentados pela população”, disse Carolina Guimarães, coordenadora da Rede Nossa São Paulo.

O lançamento da Agenda é parte de uma campanha que as organizações vão realizar ao longo do processo eleitoral, que incluirá a avaliação do posicionamento das candidaturas e incentivos para que a população participe da discussão, entre outras ações que visam  promover o debate em busca de uma mobilidade sustentável para a cidade de São Paulo.

Clique aqui para acessar a agenda.