Quase sessenta fintechs podem ser autorizadas no Brasil em 2020

(Foto: Pixabay)

Em audiência na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, informou que cerca de 60 startups financeiras (fintechs) poderão ser autorizadas em 2020.

De acordo com Neto, 13 fintechs de crédito já foram aprovadas pelo BC e 20 pedidos estão em análise.

O Banco Central autoriza dois tipos de fintechs de crédito para intermediação entre credores e devedores no país: a Sociedade de Crédito Direto (SDC) e a Sociedade de Empréstimo entre Pessoas (SEP).

A Sociedade de Crédito Direto realiza operações de crédito com recursos próprios, por meio de uma plataforma eletrônica, e não pode captar recursos públicos. Na SEP, a fintech faz a intermediação financeira entre credor e devedor, e pode cobrar tarifas.

De acordo com a Associação Brasileira de Crédito Digital (ABCD), o volume de crédito concedido pelas fintechs tem crescido 300% ao ano.