Lâmpadas incandescentes de 60 watts não podem mais ser vendidas

Lâmpadas incandescentes de 60 watts não podem mais ser vendidas

A partir de hoje – 1º de julho – não são mais comercializadas lâmpadas incandescente de 60 watts. As lâmpadas mais usadas pelos brasileiros não atendem os índices mínimos de eficiência luminosa fixados pela Portaria Interministerial 1007, de dezembro de 2010, dos Ministérios de Minas e Energia, da Ciência, Tecnologia e Inovação e do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior.

Isso quer dizer que esse tipo de lâmpada gasta demais e aproveita-se apenas 5% da sua energia gerada, sendo o restante apenas calor.  As fluorescentes compactas são cerca de cinco vezes mais eficientes e tem uma vida útil de três a dez vezes maior que as incandescentes. Já as lâmpadas de LED são cerca de 6,5 vezes mais eficientes, além de durarem de 25 a 50 vezes mais.

lampada