Setor de Flores lança campanha “Alimento para a alma”

Foto- Pixabay

 O setor de Flores, o mais afetado até agora, com quase 70% de queda nas vendas em uma semana. A campanha “Alimento para a alma” será lançada com apoio dos supermercados e floricultura, com o mote de alegrar o ambiente, dar mais colorido às casas

O abastecimento está normal, apesar de questões pontuais de proibições municipais de escoamento da produção de frutas, como às cidades de Taqueritinga e Itajobi, que -respectivamente – proibiram a colheita e a distribuição de frutas. Mas a Secretaria da Agricultura de SP interviu e determinou que cumpra a Medida Provisória nº 926, de 20/3/2020, que altera a Lei nº 13.979/2020, para dispor sobre procedimentos de aquisição de bens, serviços e insumos destinados ao enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrentes do coronavírus.

Pacificar o entendimento dos municípios é um dos destaques que a PMA Brasil, que se preocupa com a cadeia de modo geral. “Temos uma indústria que começa com insumos, sementes, plantação, colheita, logística de transporte a manipulação no varejo. São milhares de pessoas trabalhando 24 horas para não faltar alimentos frescos, cuidando do seu espaço de trabalho e de sua própria saúde. As empresas estão unidas para manter o moral dos funcionários, reconhecer seu esforço, oferecer recompensas financeiras e ampliar as equipes de entrega”, explica Giampaolo Buso, presidente do Conselho da PMA Brasil.