Tembici e Itaú desenvolvem projeto de bicicletas elétricas no Rio

bicicletas elétricas
(Foto: Divulgação/ Itaú - Tembici)

A empresa de micromobilidade Tembici e o Itaú Unibanco lançaram um projeto de bicicletas elétricas (e-bike) compartilhadas com sistema de estações fixas. A iniciativa pretende facilitar o uso da bicicleta para deslocamentos mais longos e com diferentes relevos.

“A implementação de bicicletas elétricas traz um enorme ganho para o cenário de micromobilidade na América Latina e contribui para o reconhecimento da bicicleta como o modal mais eficiente para deslocamento nas cidades”, diz Tomás Martins, CEO da Tembici.

O motor da e-bike é acionado quando é pedalada. Com velocidade limitada a 25 km/h, a previsão é que as e-bikes façam três vezes mais viagens do que as bicicletas tradicionais.

No início do projeto-piloto, as e-bikes poderão ser utilizadas sem nenhum custo extra para alguns usuários que já assinam os planos do Bike Rio. A partir do dia 5 de outubro, os usuários poderão optar pela bicicleta elétrica com valor a partir de R$3.

O projeto-piloto será implementado de forma gradual no Rio de Janeiro. A expectativa das empresas é ter 500 bikes elétricas disponíveis para os usuários do Bike Rio até o fim de outubro.