BAFTA 2020 adota medidas de sustentabilidade contra mudança climática

(Foto: EE British Academy Film Awards/ Thomas Alexander/ Copyright)

A Academia Britânica de Cinema reconheceu, neste domingo (02), o trabalho de atores, atrizes e produtores de filmes no British Academy Film Awards (BAFTA Awards), uma das principais cerimônias do cinema internacional.

Além dos prêmios, a edição deste ano foi marcada pela inclusão de medidas de sustentabilidade desde a organização do evento até o tapete vermelho. A iniciativa pretende apoiar a transição da indústria de produção e transmissão do Reino Unido para a sustentabilidade ambiental.

“Estamos cada vez mais preocupados com o impacto das mudanças climáticas (…) No último ano, todo mundo tem trabalhado em todas as áreas, não apenas na cerimônia em si, no tapete vermelho, no jantar da Grosvenor House, em todos os elementos que compõem os Baftas, para garantir até o final do dia, tudo será neutro em carbono”, disse Dame Pippa Harris, presidente do Bafta.

O evento substituiu a tradicional sacola de brindes, como produtos de beleza e garrafas de champanhe, por carteiras de presentes feitas de plástico reciclado.

O BAFTA pediu aos convidados que optassem por trajes feitos por marcas eco-friendly, que alugassem um look ao invés de comprar ou reutilizassem um traje do seu acervo pessoal.

A última opção foi adotada pela Duquesa de Cambridge, Kate Middleton, que repetiu seu vestido Alexander McQueen, que usara pela primeira vez em 2012 durante um jantar de estado na Malásia.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por BAFTA (@bafta) em


Plásticos descartáveis foram proibidos e o tapete vermelho foi feito totalmente de materiais reciclados. As refeições foram veganas e com ingredientes de origem sustentável.

Onde não é possível fazer escolhas sustentáveis, como pegar um avião, o BAFTA está compensando ao oferecer ferramentas para os convidados compensarem suas próprias viagens.

A premiação britânica não é a primeira da temporada a incentivar os convidados a fazer escolhas sustentáveis nesta temporada. O Globo de Ouro serviu uma refeição exclusivamente vegana durante a cerimônia.

Mudanças climáticas

No início do mês, o Duque de Cambridge, Príncipe William, se reuniu com editores dos canais de TV – BBC, Channel 4, Sky e ITV – para discutir os desafios e oportunidades de tornar a mudança climática parte integrante da conversa cultural para todos os públicos.

A reunião foi uma oportunidade dos líderes das emissoras se reunirem para discutir o impacto que a mudança climática terá nos programas que eles criam e na maneira que a televisão impacta para salvar o planeta.

Em 2011, o BAFTA criou o “Albert”, uma força-tarefa sobre sustentabilidade que visa eliminar as emissões de resíduos e carbono das produções de TV e filmes para apoiar a indústria na criação de estratégias de conteúdo na tela que permitam a transição para um futuro responsável com o meio ambiente.