Estados nordestinos assinam acordo de desenvolvimento sustentável

(Foto: Reprodução Twitter Instituto Ethos)

Representantes de estados do Nordeste assinaram, durante a Conferência Brasileira de Mudança Climática (CBMC), a Declaração do Recife, em que se comprometem a adotar medidas sustentáveis.

O documento é resultado de um esforço coletivo entre atores da sociedade brasileira para apresentar diretrizes de desenvolvimento sustentável ao poder público, as empresas e a sociedade civil.

Segundo a coordenadora de projetos ambientais no Instituto Ethos, Flávia Resende, a Declaração de Recife traz compromissos diferentes para cada um dos atores. 

“Para os empresários, um deles é o limite do aumento da temperatura a 1,5°C. Para os governos, a gente sugere planos de adaptação e mitigação dos gases do efeito estufa. A sociedade civil tem a missão de monitorar esses compromissos assumidos e a academia tem o papel de olhar para as carreiras do futuro e incorporar no ensino básico a educação climática”, explica.

A Declaração do Recife está disponível no site da CBMC e pode ser assinada por outros governos estaduais e entidades privadas.

** Com informações do G1