Presidente do Ibama autoriza leilão próximo aos corais de Abrolhos

(Foto: Divulgação Ibama)

Eduardo Fortunato Bim autorizou o leilão de sete blocos de petróleo perto do Arquipélago dos Abrolhos, no sul do litoral da Bahia.

A decisão vai contra as conclusões técnicas da equipe do próprio órgão ambiental sobre o risco de vazamento de óleo na região e a recomendação para excluir essas áreas na licitação.

As sete áreas integram a 16ª Rodada de Licitações da Agência Nacional do Petróleo (ANP) e caso aconteça um derramamento de óleo, a sua dispersão pode atingir “todo o litoral sul da Bahia e a costa do Espírito Santo, incluindo o complexo de Abrolhos”.

O leilão está previsto para outubro. Ao todo, a rodada prevê a oferta de 36 blocos nas bacias marítimas de Pernambuco-Paraíba, Jacuípe, Camamu-Almada, Campos e Santos, totalizando 29,3 mil km² de área.

O Parque dos Abrolhos é considerado o mais importante do Atlântico Sul, por ter a maior biodiversidade marinha da região, segundo o ICMBio, responsável pela proteção de 87.943 hectares.

A proteção local gera renda para 20 mil pessoas e a pesca nas regiões vizinhas ao Parque movimenta mais de R$ 100 milhões por ano, o que representa 10% da receita da atividade no Brasil.

** Com informações do UOL