Tubulação de mineroduto se rompe em Minas Gerais

(Foto: Reprodução/ Twitter Uma Gota no Oceano)

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Semad) confirmou o rompimento da tubulação de um mineroduto da empresa Anglo American Minério de Ferro S.A, em Santo Antônio do Grama, na Região da Zona da Mata.

Segundo o chefe de gabinete da Prefeitura de Santo Antônio do Grama, o Ribeirão Santo Antônio foi contaminado pelo rompimento e a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) suspendeu a captação de água. A Copasa segue monitorando o vazamento.

A empresa disponibilizou caminhões-pipa para garantir o abastecimento de água aos moradores afetados pelo vazamento como medida emergencial. Todas as atividades foram paralisadas até que as causas do acidente sejam esclarecidas.

Em nota, a Anglo American informou que detectou uma falha no mineroduto, que transporta a produção de minério de ferro de Minas Gerais ao Rio de Janeiro, nesta segunda-feira.

“Houve vazamento de polpa em um dos córregos da região. A polpa consiste em 70% de minério de ferro e 30% de água, sendo classificada pela NBR 10.004, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), como resíduo não perigoso. Não houve vítimas”.

A empresa também informou que “o fluxo do mineroduto foi interrompido e, neste momento, apenas água está sendo escoada. Como medida de segurança complementar, foi bloqueado o acesso ao local”.

** com informações do G1