Volkswagen admite mais fraudes

(Foto: Reprodução/ Jornal Público de Portugal)

Volkswagen confessa que não apenas violou testes de emissão de poluição, mas que também cometeu “irregularidades” em testes de emissão de CO2. Cerca de de 800.000 carros na Europa cometeram violações em testes de emissões de gases de efeito estufa, além dos 11 milhões ao redor do mundo que já tinham sido anunciados com fraude de emissões de poluentes, publicou o Greenpeace.

A pergunta que fica é: e o Brasil? Foi enviado ao governo brasileiro pedidos de investigações que não apenas levassem em consideração os veículos a diesel, mas também os movidos a outros combustíveis. Para a Volkswagen foi cobrando transparência e comprometimento com carros que emitam menos gases de efeito estufa, porque, além de fraudar as emissões, a Volkswagen vende carros no Brasil que emitem muito mais que os carros na Europa, de acordo com estudo da COPPE/UFRJ encomendado pelo Greenpeace.